Preço do leite pago ao produtor cai pelo quarto mês seguido

Em dezembro, o preço do litro do leite pago ao produtor registrou a quarta queda consecutiva. Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), no último mês a cotação chegou a R$ 1,1910/litro, baixa de 3,4% (ou de 4,2 centavos/litro) em relação a novembro.

No resultado do acumulado do, porém, a média nacional de preços subiu 18,2%, em termos reais (valores deflacionados pelo IPCA de nov/16). O preço bruto médio do leite (que inclui frete e impostos) caiu 3,2% de novembro para dezembro, passando para R$ 1,2982/litro. As médias calculadas pelo Cepea são ponderadas pelo volume captado em outubro nos estados de GO, MG, PR, RS, SC, SP e BA.

Entre as regiões sulistas acompanhadas, os recuos nos preços ao produtor também ocorreram pelo quarto mês seguido: de 3,5% no Paraná, de 2,9% no Rio Grande do Sul e de 1,4% em Santa Catarina, entre novembro e dezembro. Nos demais estados, o movimento de queda foi reforçado pelo aumento na captação.

De acordo com o Cepea, a menor produção nos estados do Sul do País continua atrelada às chuvas abaixo da média na região. Com isso, a disponibilidade de forragens está reduzida e a receita do produtor, em queda, limitou os investimentos na atividade, principalmente, com relação as reformas das pastagens.

Para janeiro, previsões de chuvas ainda abaixo da média no período de safra, principalmente no Sul do País, mudaram as expectativas dos laticínios/cooperativas. A maioria dos agentes entrevistados pelo Cepea (66,7%), que representam 74,4% do leite amostrado, já acredita em estabilidade de preços, o que pode indicar uma mudança de tendência no curto prazo. A outra parcela está dividida entre queda (19,7%) e alta (13,6%) dos valores.

Fonte: http://www.uagro.com.br/editorias/agroindustria/laticinios/2017/01/02/preco-do-leite-pago-ao-produtor-cai-pelo-quarto-mes-seguido.html / Uagro com informações do Cepea